terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O mês em que me largaram à solta na Marvel Unlimited (e eu perdi a cabeça) ...

... bem, talvez nem tanto. Mas lá que foi um bom mês, foi: pelo menos suficientemente bom para eu ter aproveitado uma extensão do acesso ao serviço durante mais dois meses com um desconto substancial, e aproveitar para explorar mais um pouco. Pelo caminho, acabei por tropeçar em tanta coisa nova, ler algumas coisas não planeadas, outras que deixei para trás há muito tempo, e ficar com uma wishlist ainda maior, para mal dos meus pecados.

Tudo isto começou no início do mês de Dezembro, quando descobri que naquela primeira semana tinham uma promoção que permitia a adesão ao serviço durante um mês, só que em vez do valor habitual de 9,99 dólares mensais, estava a 0,75 dólares (qualquer coisa como 0,60 euros). Não pensei duas vezes. Depois de ter ficado pendurada pelas revistas Marvel da Panini em português, achei que podia pelo menos ler os arcos das histórias que me faltavam.

E que coisa é esta da Marvel Unlimited? Essencialmente, é uma biblioteca online da editora, a que podemos aceder mediante subscrição, mensal ou anual, e que nos permite ler qualquer comic da mesma - desde que tenha mais de 6 meses de publicação, que é a data para a adição de um determinado número de uma determinada revista.

Não faço ideia de quão bom é o sistema com material mais antigo, porque não o explorei a esse ponto, tendo eu procurado ler maioritariamente coisas bastante recentes, e por isso, em geral, fiquei satisfeita, porque encontrei o que queria ler sem problemas.

(Excepto as coisas mesmo recentes, por causa da restrição dos 6 meses. Mas percebo porque é que existe: será um período de maior interesse, em que o leitor pode comprar número a número da revista, se quiser mesmo ler. Se quiser esperar, ou tem a subscrição, ou compra o livro que colecciona vários números da revista e que eventualmente sairá para as bancas.)

É possível ler um determinado comic de duas maneiras: ou no computador, ou através da aplicação para tablet, que é a que tenho usado primariamente. Tentei carregar uma vez um comic no computador, e não me pareceu muito útil. Não gosto particularmente de ler e-books no computador, e aqui a minha reticência também se aplica.

Além disso, a maior parte das páginas estão na vertical, e o ecrã do computador na horizontal, o que quer dizer que é preciso ler no modo full screen para conseguir ver alguma coisa de jeito (e mesmo assim...).

Quanto à aplicação, ao que sei está disponível para sistemas Android e iOS. No meu caso, o meu tablet tem sistema Android e um ecrã de 7 polegadas, e por isso as minhas impressões podem ser coloridas pelas vantagens e limitações do tablet.

Durante muito tempo a aplicação teve alguma má fama de bugs e imperfeições; e nesse aspecto considero-me bastante sortuda, porque apanhei-a num ponto em que muitos foram corrigidos. Ainda há muita coisa a melhorar, na minha opinião, mas nada intolerável, nada que me dificulte o uso do serviço ou a leitura.

A aplicação tem 5 separadores no topo, relativos às principais funções na aplicação (e no site) relacionadas com a leitura dos comics, e bastantes explícitos pelo seu título: "Account" para aceder a informação sobre a nossa conta e à ajuda; "Home" para destacar comics lidos recentemente ou novos comics adicionados ao sistema; "Discover", onde se encontram desataques a personagens, eventos ou artistas, e que nos permite explorar comics relacionados com os mesmos.

Faltam dois separadores, que são aqueles a que dou mais uso. O "Browse", que permite persquisar os comics, e que os organiza por vários aspectos - e aqui é que pode ser um pouco mais complicado para quem não esteja à vontade com o labirinto que por vezes os comics são. Por vezes uma revista de um persongem foi editada no passado, e depois cancelada, e depois voltada a editar mais recentemente, e a nomenclatura e organização pode não ser das coisas mais fáceis de perceber.

Os vários aspectos em que o separador organiza os comics são: por eventos, ou seja, arcos narrativos que por vezes englobam vários títulos, o que é útil se se quiser conhecer um evento a fundo, lendo-o de seguida pelos vários títulos; por criador, o que é útil se se quiser ler o trabalho de alguém num determinado título; por data de publicação, o que para mim não tem grande utilidade, a não ser que se saiba a altura em que determinada história foi publicada.

Também pode ser organizado por personagem, o que é útil se se quiser seguir um personagem específico - com o detalhe de que me parece que isto é mais para o inútil, já que não está bem organizado, porque as revistas não têm associados todos os personagens que aparecem, e o resultado recíproco é que seleccionando a pesquisa por personagem, não vão aparecer todas as revistas em que aparece.

E por fim, aquele que uso mais, que é por séries. Como já estou habituada ao modo de organização dos títulos é o mais fácil para mim. Organiza os títulos das revistas alfabeticamente, e coloca à frente os anos de início e fim de edição, o que me facilita muito a pesquisa, porque quando quero ler algo já procuro a informação completa de título, data e artistas, e assim vou directamente ao que procuro.

Em termos de navegação este sistema do "Browse" parece-me bastante intuitivo, e fácil de navegar. Há uma barra lateral com o alfabeto para facilitar a procura, e ir-se logo para os títulos começados por uma determinada letra - a piada da barra lateral é que é tão estreitinha, quase que parece que nem se consegue tocar nas letras, mas por um milagre qualquer vai lá ter quase sempre. (Às vezes vai parar à letra anterior ou posterior.)

O quinto separador é o "My Library". Quando estamos a navegar pela aplicação, é possível entrar na página de cada número de cada título, e adicioná-lo à nossa Library para marcar esse número para leitura posterior, ou manter uma lista de coisas que foram lidas, etc.. É bastante útil, e tenho-o usado para manter uma lista do que li com a aplicação.

A desvantagem é que não permite qualquer tipo de organização. Os comics estão por data de lançamento (a partir do mais recente), mas era útil poder organizá-los dentro de "colecções" pessoais, que permitissem colocar cada comic numa pasta com um título adequado. Ou pelo menos, já era útil poder colapsar cada número dos comics na Library dentro do título da respectiva revista, porque quantos mais comics vou adicionando, maior é a confusão e pior é a navegabilidade.

Dentro do "My Library" também posso aceder aos comics que guardei para ler offline. A aplicação permite guardar até 12 números de cada vez, e o botão para fazer o download para o aparelho está na página individual de cada número, mas só depois de este ter sido adicionado à Library, o que é um pouco aborrecido, porque só complica a coisa.

A parte chata da aplicação é mesmo essa, o download de cada comic. Na minha experiência, o download quando o tablet está ligado a uma rede Wi-Fi nem sempre é o melhor. Quase que parece que tenho de estar em cima do router, porque basta estar um pouco longe para o download ser bem lento; e pior, nem sempre é fácil de perceber se já terminou, graças ao modo como a aplicação mostra o download a ser feito - já tive várias surpresas de achar que tinha acabado, desligar a Wi-Fi, e mais tarde tentar ler e ficar apeada porque o download não tinha terminado, e o sistema fazia parecer que sim.

Aqui o que posso recomendar é que se ligue a leitura offline para cada número individualmente, e esperar que o download de um esteja terminado antes de ligar o número seguinte. Para confirmar se o download está mesmo terminado, recomendo desligar a ligação Wi-Fi, voltar a entrar na aplicação offline, e ver se os números do comic pretendidos estão lá. Se não, voltar a ligar e voltar a fazer download antes de se afastar do hotspot. Fora isso, felizmente o meu tablet tem 3G, e se estiver aflita posso usar essa ligação, que é bastante rápida e não mostra estes problemas (só tem é limite de tráfego).

Quanto à facilidade de leitura da aplicação, não me posso queixar. Como disse, o meu tablet tem 7 polegadas, o que quer dizer que consigo ler uma página vertical praticamente sem fazer zoom, apesar de ser desconcertante ler assim, porque parece que estou a ler um livro superpequeno. Acabo por fazer zoom para ler as vinhetas mais à vontade, e vou navegando pela página com os dedos.

Não dá para fazer um zoom muito a fundo, tipo ver os poros da pele dos personagens, porque a imagem não tem qualidade para isso, mas tem a qualidade suficiente para poder ler sem problemas. É possível ainda navegar dentro do comic para a página que se procura; de qualquer modo a aplicação guarda a última página que se leu, por isso não é preciso andar à procura.

Em suma, foi uma boa experiência, uma não sem problemas, mas que se destaca largamente pela positiva; nem que seja porque me deixou terminar histórias em que fiquei pendurada, ler histórias que me deixavam curiosa, mas não o suficiente para me arriscar a mandar vir o livro, ou histórias em que o livro está esgotado e de qualquer modo não as poderia ler. Recomendo pelo menos que se experimente e dê uma olhadela; creio que o sistema permite ler gratuitamente um pequeno número de comics para os curiosos poderem experimentar o serviço e a aplicação.

Sem comentários:

Publicar um comentário