sexta-feira, 30 de maio de 2014

Night of Cake and Puppets, Laini Taylor


Opinião: Sou uma fã incondicional da Zuzana, a melhor amiga da Karou - a Karou é a protagonista da trilogia Daughter of Smoke and Bone da autora -, e esta é uma novela complementar à história principal, que relata a maneira como a Zuzana e o Mik se aproximaram. Por isso, é uma novela que adorei ler, primeiro pelos protagonistas, e depois porque não deve nada a qualquer outra coisa que tenha lido da autora, sendo igualmente um magnífico livro.

Estes acontecimentos decorrem a meio do Daughter of Smoke and Bone, e são mencionados no segundo livro, Days of Blood of Starlight, por isso deixa-me contente poder ler o que realmente se passou. Sabia que a Zuzana tinha concebido um mapa do tesouro para o Mik, em que o tesouro era ela, mas é outra coisa vê-lo retratado pelos dois.

Gosto tanto da ideia da Zuzana da caça ao tesouro, e do modo como ela a executou, com um toque de magia e excentricidade. É uma ideia brilhante e giríssima. E gosto tanto, tanto, da voz narrativa da Zuzana. Começa com uns toques de arrepiante, o que é muito adequado, e tem um grande peso da personalidade gigante e directa e segura dela, mas também mostra uma certa vulnerabilidade e insegurança, ao suspirar pelo Mik de longe, sem coragem para avançar. Contudo, num rasgo de arrojo, decide dar o primeiro passo e criar esta maneira tão imaginativa de encantar o rapaz.

Já o Mik, o outro narrador, é completamente adorável. Também ele se sentia inseguro, também sem coragem para avançar, fascinado pela Zuzana mas intimidado pela sua personalidade maior do que a vida. E a sua narração é mais delicada e discreta, mas igualmente cativante. Gosto como ele conseguiu dar um pouco dele mesmo à caça ao tesouro, e surpreender a Zuzana. Foi um bom momento que levou à cena final, uma das minhas favoritas.

Como mencionei inicialmente, é um livro tão satisfatório como os outros da autora, mais longos, com a sua capacidade narrativa impressionante e a sua escrita lírica lindíssima, e os seus sempre fascinantes personagens.

Páginas: 80

Editora: Hodder & Stoughton

Sem comentários:

Publicar um comentário