sábado, 4 de setembro de 2010

Alex 9 - A Guardiã da Espada de Martin S. Braun

Sinopse: A caminho da frente de batalha contra os invasores, o Príncipe Dael de Brodom descansava com a sua guarda junto às margens de um lago quando um estranho fenómeno aconteceu: uma estrela despenha se no lago, e das águas emerge uma mulher quase nua que cai inconsciente nos seus braços. Será este o sinal de que uma antiga profecia se está a realizar?

Sem saber porquê, a Tenente Coronel Alex 9, da 3ª Unidade de Comandos de Elite, é projectada para um planeta muito parecido com a Terra, onde uma guerra entre impérios medievais se está a travar. Aparentemente, a chegada de Alex à Segunda Terra despoletou uma miríade de consequências políticas que estão ainda longe de fazer sentido. Ao longo deste volume, repleto de batalhas com espadas e armas magnéticas, as linhas de trama começam a cruzar se e descobrimos um conflito que se prepara há séculos. Mas onde levará?

Opinião: Alex 9 partiu de uma zona de guerra com destino a casa, na Terra. No entanto, sem saber como nem porquê, passa 200 anos em criohibernação e é vai parar a uma zona do Universo que não reconhece, chegando a um planeta muito parecido com a Terra, a que chama Segunda Terra, em que o cenário é medieval. Seguimos durante o livro não só Alex 9, mas também outros personagens da Segunda Terra, e até seguimos alguns flashbacks contendo cenas do planeta de onde Alex é originária. Será que a chegada de Alex 9 à Segunda Terra é uma coincidência? Ou será que o destino e a profecia têm parte nesta história?

Bem, primeiro tenho a dizer - que refrescante é ler um livro com cenas de batalhas e perceber de facto o que é que está a acontecer! Com os diagramas, incluidos no livro, do terreno e da posição dos exércitos que se defrontam, as cenas de batalhas tornam-se muito mais vívidas e compreensíveis na leitura. Por outro lado, apesar de acompanharmos vários personagens/espaços/tempos ao mesmo tempo, o enredo não é complicado, e é muito interessante. Se no início os acontecimentos na Terra e na Segunda Terra parecem pouco relacionados, rapidamente, com o progresso da leitura, as coisas vão encaixando e começamos a perceber a relação entre ambos.

Acho que este livro só peca é por ser curtinho, porque lança um conjunto de enredos e ideias que ficam a modos que "pendurados" para desenvolver no livro seguinte. De resto, recomendo, porque mistura ficção científica e fantasia, sendo uma leitura leve e agradável. Há que dizer que a Colecção Teen vai tendo uns livrinhos interessantes.
 
Páginas: 256
 
Editora: Saída de Emergência

Sem comentários:

Publicar um comentário