sábado, 14 de Maio de 2011

Paranormalcy, Kiersten White

I'm submitting this book to the 2011 Debut Author Challenge, hosted by The Story Siren.


Review: I'll start with my gushing over cute covers. I loved this one, as it represents the Evie I pictured so closely - and she looks like Scarlett Johansson! (Maybe that's just me.) The cover is gorgeous and lovely.

Evie is a 16-year-old girl who works for IPCA - International Paranormal Containment Agency, an agency responsible for finding, neutering and rerouting paranormals in order to avoid that ordinary people are hurt. As such a young girl, she is important to IPCA because she is the only one in the world that can see through the glamours that paranormals use to desguise themselves.

I liked Evie. She's a girl with a sense of humour, some quirks - she hunts paranormals with a pink taser - , she's brave but yet somewhat näive (she and Lend are so cute). I liked that she was realistic and recognized somethings were better left for adults to deal with.

As for the plot, I enjoyed a lot the first part of the story, as we get to know the main character, Evie, and IPCA, and where we are shown the world in which the story is set. Closely after the middle, the story loses a bit of its strength, with Evie trying to be "normal". But the ending is pretty good, and I was quite curious to learn more about the… uniqueness of Evie. A fun, cute, paranormal book.

Opinião: Para variar, vou começar com a parte gosto-de-capas-bonitas da opinião: não achei muita piada à capa portuguesa, especialmente quanto temos esta capa, que é tão mais interessante e adequada. A personagem principal está muito bem representada e, bem, parece a Scarlett Johansson (se calhar é só a mim que me parece)! É exactamente como eu imaginava a Evie (não como a Scarlett, mas como a modelo da capa).

A Evie é uma jovem de 16 anos que trabalha para a IPCA - International Paranormal Containment Agency, uma agência que encontra, neutraliza e reencaminha seres paranormais para evitar que as pessoas comuns sejam magoadas. Sendo tão jovem, a razão pela qual faz este trabalho é que é a única pessoa no mundo que consegue ver para além dos glamours que os seres paranormais usam para se disfarçarem.

Gostei da Evie. É uma miúda com sentido de humor, idiossincrasias - caça seres paranormais com um taser cor-de-rosa -, corajosa mas ao mesmo tempo algo inexperiente (as cenas com o Lend são fofinhas). Gostei que ela fosse realista e reconhecesse que havia coisas com que deviam ser os adultos a lidar.

Quanto ao enredo, gostei bastante das partes iniciais, em que conhecemos a personagem principal, Evie, e a IPCA, ambientando-nos ao mundo em que se passa a história. Depois do meio, a história perde um pouco de força, com a Evie a tentar ser "normal". Mas o fim é muito bom, e fiquei muito curiosa por saber mais sobre as características… únicas da Evie. Um livro divertido, giro e… paranormal.

Pages/Páginas: 352

Publisher/Editora: HarperTeen

Sem comentários:

Enviar um comentário